28 Praias – O desafio está lançado

Por André Lima

Estamos a poucos dias da 6ª edição Maratona de Revezamento 28 praias, que acontece no próximo sábado (06/05) em Ubatuba. Muitos corredores tem essa como uma das principais provas do ano, e por ser uma prova que atrai corredores de rua ou montanha, experientes ou não, é interessante que os atletas conheçam as particularidades desta prova.

Diferentemente de uma corrida de rua, no trail, o ponto crucial para um bom desempenho é estudar muito bem as características da prova, analisar o percurso, as características do terreno, altimetrias, previsão metereológica, tempo de corte (eliminação), pontos de apoio, dentre outros aspectos, que auxiliarão na definição de uma boa estratégia de prova, seja para participantes solo, ou para as equipes de revezamento.

A seguir você conhecerá um pouco mais dos detalhes do percurso de cada um dos trechos do desafio:

Trecho 1

Largada na praia de Tabatinga (Atletas solo e Revezamentos)

Distância: 14,9 km

Altimetria: Ganho de 925m

Horários de largadas: Solo masculino ou feminino à partir 07:00; Revezamentos à partir de 07:30

Este é considerado o trecho mais difícil da prova, pelo grande ganho de altimetria, além de ser o trecho mais técnico da prova, com muitas trilhas, single tracks (trilhas fechadas), e trechos de praia com areia muito fofa. Logo na largada os atletas enfrentam uma longa subida em estrada de terra acidentada. Cuidado com o ritmo neste trecho para não comprometer o restante de sua corrida.

Trecho 2

Posto de Controle 1 – Praia de Caçandoca

Distância: 6.06 km

Altimetria: 263m

Horário de corte: 11:30

Menos complicado que o primeiro trecho, este se destaca pelas passagens em trilhas simples, praias com areia fofa e principalmente a travessia de um rio, que pode ser feita com o auxílio de uma corda, à nado, ou até com a ajuda de um barco (exceto para os 10 primeiros colocados geral).

Trecho 3

Posto de Controle 2 – Praia de Maranduba – Largada dos atletas da prova de 21 km

Distância: 5 km

Altimetria: Ganho de 28,7

Horário de corte: 12:30

Largada da prova de 21 km: Masculino 08:30, Feminino 08:40

Este é um dos trechos mais fáceis de toda a prova, sendo percorrido todo pela orla da praia, contudo a areia fofa e os trechos de tombo podem comprometer o desempenho dos atletas. Procure por locais onde a areia esteja menos pisoteada e mais firme, evite correr em trechos com água (beira-mar) e em pontos onde os desníveis (tombos) sejam muito grandes, para evitar forçar a musculatura e articulação de apenas um lado do corpo.

Trecho 4

Posto de Controle 3 – Praia de Lagoinha

Distância: 8 km

Altimetria: Ganho de 351m

Horário de corte: 13:30

O trecho mais técnico da segunda metade da prova, com trilhas fechadas e muita inclinação além dos trechos de praia com a desgastante areia fofa.

Trecho 5

Posto de controle 4 – Praia de Fortaleza

Distância: 8.190 km

Altimetria: Ganho de 290m

Horário de corte: 15:30

O último trecho da prova, com trechos e praia e vias asfaltadas, possibilita desenvolver um pouco mais de velocidade, principalmente para os atletas do revezamento. As longas subidas em alguns pontos podem ser um obstáculo para os atletas solo (42 ou 21 KM) e também as duplas, mas o incentivo de chegar ao final da prova pode ser um combustível extra para todos os participantes.

Chegada

Praia Dura

Horário de corte: 16:00

Dentre outras dicas vale lembrar de  verificar o material obrigatório exigido, analisar os pontos e horários para suplementação e hidratação (fornecida apenas nos postos de controle – dica: leve sua mochila ou squeeze), separar a roupa adequada para o dia da prova, definir os meios de deslocamento para trocas de atletas nas equipes de revezamento e principalmente organizar todo seu material e informações para não ser surpreendido no dia da corrida.

Aproveite estas informações e consulte também o regulamento da prova para traçar a logística e estratégia de prova, individual ou de sua equipe.

Correr é a coisa mais simples a se fazer em uma corrida, mas no mundo do trail running, toda informação pode fazer a diferença.

Excelente prova a todos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: