10 dicas para começar a correr

Por Fabio Cintra

Por ser um esporte “simples” de se praticar, a corrida de rua é uma das modalidades que mais ganha adeptos a cada dia. Existem aqueles que buscam melhorar o condicionamento físico, perder peso, tonificar a musculatura, cuidar da saúde, melhorar marcas e até mesmo fazer amigos. Porém antes de percorrermos os primeiros quilômetros devemos tomar conhecimento a cerca de todos os cuidados que envolvem a iniciação na modalidade.

Listamos aqui 10 dicas importantes para iniciarmos nossos treinos com segurança:

  1. Conheça seu estado de saúde atual:

Jamais comece a praticar qualquer tipo de atividade física sem a supervisão e autorização médica;

  1. Não tenha pressa em evoluir:

Aumentar a intensidade e/ou a distância de forma rápida prejudica a assimilação do treinamento, além de aumentar o risco de lesões. Evolua progressivamente, evite aumentar mais que 10% da distância percorrida na semana anterior;

corrida2

  1. Não queira compensar treinos perdidos:

Evite picos de distâncias somando treinos não realizados em apenas um dia;

  1. Lembre-se de descansar:

O corpo precisa de descanso entre um treino e outro, para assimilação dos ganhos, prevenção de lesões e consequente queda de rendimento;

  1. Procure a orientação de um profissional especializado:

Um profissional de educação física irá planejar seus treinamentos de maneira consciente e organizada, controlando volume e intensidade para aproveitar todo seu potencial e reduzir o risco de lesões;

  1. Escolha roupas confortáveis:

Opte por roupas leves e apropriadas para a prática de corrida de rua;

  1. Cuide da alimentação e hidratação:

Jamais treine em jejum, opte por alimentos leves, hidrate-se antes, durante e após a atividade. Procure ajuda de um profissional de nutrição para orientá-lo e personalizar sua dieta;

  1. Mantenha os músculos fortes:

Paralelamente a corrida procure realizar regularmente atividades de fortalecimento muscular, como: musculação, Pilates, e/ou exercícios funcionais para potencializar seus resultados e reduzir o risco de lesões;

  1. Fique de olho nos quilinhos a mais:

O nosso peso corporal está diretamente relacionado com a sobrecarga imposta em nossas articulações, ossos e músculos. Ou seja, quanto maior o peso corporal, maior será essa sobrecarga;

  1. Esteja sempre do lado certo:

Procure correr sempre na contramão dos carros e com muita atenção para poder antecipar qualquer problema que possa acontecer.

Não há nada melhor do que tornar a corrida um hábito verdadeiramente saudável e que influencie positivamente sua vida.

Para que isso aconteça, treine com regularidade, foco e qualidade.

Bons treinos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: