Eu Sou Lobo | Amizades Conquistadas no Esporte

Bora conferir os alunos selecionados para a coluna Eu Sou Lobo deste mês?

O tema de hoje é AMIZADES CONQUISTADAS NO ESPORTE.

Sil Peres

1. Qual é seu esporte principal e há quantos anos você treina regularmente?

R: Corrida, corro desde 2003… Mas com assessoria desde 2017, corria sozinha antes. Tempo treinando regularmente? 6 meses.

2. Você fez novos amigos após começar a treinar? Conte-nos, resumidamente, sobre estas novas amizades (são apenas do ambiente de treino, e/ou fazem outras atividades de lazer juntos).

R: Eu fiz todos amigos possíveis e imaginários após entrar para a assessoria, corria sozinha antes, e hoje estou no céu. Faz toda diferença correr com amigos, a vibe é outra. São amigos pra vida, seja ela na corrida ou fora…é tudo junto e misturado.

3. Seus amigos o/a ajudam em sua evolução nos treinos?

R: Demais, principalmente porque, por mais que corro a muito tempo, ainda sou principiante nas provas. A cada prova aprendo com eles. Correr com quem já esta neste esporte a muito tempo é outra coisa, a cada dia um novo aprendizado.

4. Existe alguma história curiosa e divertida que queira compartilhar com os leitores?

R: Histórias, em tão pouco tempo já fiz amigos tão queridos e a cada encontro temos coisas tão marcantes, mas acho que a clássica é como fui parar na Lobo. Sempre corria e passava em frente ao escritório e sempre pensava que um dia correria na Lobo, mas achava que era um absurdo de caro. Sempre quis enviar um e-mail, mas acabava deixando passar e sempre acreditando que não seria possível treinar um dia aí.

E sempre que as pessoas falavam de Rodrigo Lobo, eu achava que você era um negão de 2 metros de altura (risos).

O dia que o conheci no treino do Gui, todo mundo falou pra mim: “Silêncio, o Lobo vai começar a falar”, e eu fiquei procurando o negão de 2m de altura. Aí, de repente, ele com essa voz baixa, tranquila. Falei “não, gente, cadê o negão que eu sempre achei que era o Lobo? (risos)”.

Um dia na loja que eu trabalhava, a Lúcia que eu nunca tinha visto na vida, foi lá comprar uma roupa igual um raio, do jeito que entrou, saiu… Falamos rapidamente de corrida, ela falou do Gui, adicionei ele e já marquei um treino. Foi bem na transição dele para a Lobo, de repente eu estava pegando meu primeiro pódio ainda pela assessoria dele (só fiquei 15 dias como Gui Almeida), mas pela tenda da Lobo na prova de Santo André. Tinha me inscrito, e ele comentou que ele não estaria lá, mas que eu poderia procurar o Fábio.

Desde então eu sou apaixonada, pelos treinos, pela minha evolução, já são 3 pódios em 6 meses. E um, que foi o último nas 10 milhas… Eu que achei que ficaria pra sempre nos pódios de 5km. Será que tô feliz?

5. Deixe uma breve mensagem legal aos leitores sobre este tema: amigos e atividade física!

R: Sem amigos não tem treino pago, correr sozinho as vezes é bom quando queremos pensar na vida, mas com amigos, não tem desânimo.

William Souza

1. Qual é seu esporte principal e há quantos anos você treina regularmente?

R: O esporte que pratico há mais tempo foi a corrida. Anos treinando regularmente? Corrida a dois anos e um ano no triathlon.

2. Você fez novos amigos após começar a treinar? Conte-nos, resumidamente, sobre estas novas amizades (são apenas do ambiente de treino, e/ou fazem outras atividades de lazer juntos).

R: Fiz alguns amigos mais no ambiente de treino, o que aconteceu de mais legal foi a influência da minha própria família a treinar também e agora treinamos juntos.

3. Seus amigos o(a) ajudam em sua evolução nos treinos?

R: Eles fazem do treino um momento de diversão também.

4. Existe alguma história curiosa e divertida que queira compartilhar com os leitores?

R: Em 2015 eu fiz uma passeio com uma turma de amigos… Eu tava muito acima do peso e meus amigos acabaram me zuando como o gordinho da turma e neste clima de zueira saiu uma aposta que se eu emagrecesse 10 kg  em 4 meses iriam me pagar um churrasco no Fogo de Chão. Resumindo, comecei a correr, me matriculei na academia e fiz uma reeducação alimentar e acabei perdendo 12 kg neste período, vi o pessoal treinando triathlon e resolvi me informar melhor, conheci a Lobo Assessoria e me identifiquei muito com o esporte. Saí de 83 kg para 66 kg e hoje sou o maior motivador da família.

5. Deixe uma breve mensagem legal aos leitores sobre este tema: amigos e atividade física!

R: Incluir uma atividade física na rotina, além de criar um equilíbrio muito saudável na nossa rotina corrida, nos ajuda estabelecer um estilo de vida contagiante de disposição, alegria e saúde.

 

Crislaine Costa

1. Qual é seu esporte principal e há quantos anos você treina regularmente?

R: Esporte: Corrida / Anos treinando regularmente: 5 anos.

2. Você fez novos amigos após começar a treinar? Conte-nos, resumidamente, sobre estas novas amizades (são apenas do ambiente de treino, e/ou fazem outras atividades de lazer juntos).

R: Fiz novos amigos e me conectei a amigos que também amam correr. Mas, principalmente, quando eu e meu marido (William) começamos a correr juntos, vários amigos começaram a ir conosco. Inúmeros finais de semana começam com uma corrida já no sábado de manhã seguida por um café da manhã na padaria.

3. Seus amigos o(a) ajudam em sua evolução nos treinos?

R: Com certeza! Treinar com amigos traz uma motivação mais especial. Às vezes dá preguiça de acordar, de levantar da cama ou de sair de casa, mas porque já marcamos e tem alguém nos esperando, a gente se anima de ir e o treino acaba sendo muito mais legal.

4. Existe alguma história curiosa e divertida que queira compartilhar com os leitores?

R: Eu já corria há alguns anos, mas o William, meu marido, não corria comigo ainda. Numa viagem, alguns amigos o desafiaram a perder 10 kg nos próximos meses. Por conta da aposta, ele começou a se exercitar, frequentar a academia e virou um apaixonado por corrida. Ele ganhou a aposta e virou o mais disciplinado do grupo. Agora é o que mais incentiva nossos amigos a sair pra treinar (e ainda virou a inspiração de todo mundo s2).

5. Deixe uma breve mensagem legal aos leitores sobre este tema: amigos e atividade física!

R: Encontre uma atividade física que te deixe feliz e encontre amigos que também tenham esse gosto em comum. Se você gostar e tiver companhia, a atividade vai ser um hobby que faz bem a saúde, nunca uma obrigação.

Andrea Fecchio

1. Qual é seu esporte principal e há quantos anos você treina regularmente?

R: Esporte: corrida / Anos treinando regularmente: 10 anos.

2. Você fez novos amigos após começar a treinar? 

R: Sim! E agora a corrida no Adventure me trouxe novos amigos que vão além das trilhas!!! E resgatou antigos amigos, como a Edna Justo, que eu não encontrava há 30 anos!

3. Seus amigos o(a) ajudam em sua evolução nos treinos?

R: Sim! São inspiradores!

 

4. Existe alguma história curiosa e divertida que queira compartilhar com os leitores?

R: Sim, com a aluna Edna Justo, fomos melhores amigas no “primário”… Nos formamos em 1987 e trocamos de escola tomando outros rumos e só nos reencontramos em 2017 (30 anos depois) num sábado na Estrada Velha num treino! Contando a história pra minha mãe, ela achou a foto da formatura e fiz um “antes e depois” no estilo “LOBO”!

5. Deixe uma breve mensagem legal aos leitores sobre este tema: amigos e atividade física!  

R: Começar uma atividade física pode ser por paixão, mas permanecer é por amor… E onde tem amor, tem amizades e laços que se formam pra vida toda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: