EU SOU LOBO | Emagrecimento e Hábitos Saudáveis

Bora conferir o Eu Sou Lobo deste mês?

Vamos falar sobre EMAGRECIMENTO E HÁBITOS SAUDÁVEIS! Vamos lá!

CARLOS HENRIQUE

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

R: Era sedentário, não tinha ânimo, nem disposição para fazer nada e não fazia nenhum exercício físico, alimentação ruim, com dores articulares. Pesava 145 kg.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Com surgimento de alguns problemas de saúde decidi mudar. Comecei acompanhamento profissional, me matriculei em uma academia e mudei os hábitos alimentares. No começo foi difícil, pois mudanças não são fáceis, tive que mudar a rotina. Mas o resultado foi recompensador em 2 anos eliminei 70 kg.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Ganhei qualidade de vida, disposição para fazer exercício físico e conheci o mundo das corridas de rua, que prático até hoje! Posso falar com certeza que vale muito a pena.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Não há mudança de peso sem mudança de comportamento.

 

FELIPE BAVARESCO

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

R: Eu era totalmente sedentário, não praticava nenhum tipo de esporte e bebia praticamente 1 caixinha de cerveja por dia e já estava pesando os exatos 93.8kg.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Decidi mudar meus hábitos quando um belo dia fui amarrar meus calçados para ir trabalhar e fiquei com falta de ar, por pressionar a barriga para amarra-los, foi a gota d’água e desesperador. Sim, o começo foi difícil porque por não tinha o hábito de me exercitar e lógico o sedentarismo ainda me dominava e sempre pensava “quando eu conseguir correr 5K e emagrecer 5kg eu paro com esse sofrimento, kkk”. Hoje já faz 1 e 7 meses que pratico esporte, não tenho intenção mais nenhuma de desistir ou parar, só penso até onde posso chegar e até onde quero ir, todo semestre traço meus objetivos e sigo correndo e me dedicando aos treinos.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Os benefícios foram 23 kg mais leve, o sono ficou mais leve (não ronco mais e não tenho mais apnéia) assim relata minha esposa, meus treinos, postura e corrida melhoraram demais, também passei por uma nutricionista que me ensinou ter uma alimentação mais saudável e me ajudou a parar de usar o remédio para o estômago (Omeprazol) que era diariamente. Fiquei muito mais disposto no meu dia-a-dia, com minha saúde em geral, todo sacrifício, treinos e cada gota de suor escorrida mais do que valeu apena, foram primordiais para ver a vida de uma forma totalmente diferente hoje.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Primeiro gostaria de agradecer o apoio que tive da minha esposa, meus amigos Rafael e Vanessa que foram os que me levaram para esse esporte que é maravilhoso, aos amigos que treinam comigo que sempre me apoiam e incentivam o meu dia-a-dia. E gostaria de dizer a todos que é possível sim e que não é são só super-heróis que conseguem, é possível para pessoas normais como eu, como você. A adrenalina do esporte é viciante, o estímulo dos amigos que fazemos e da família é maravilhoso, os resultados traçados e objetivos conquistados são cada vez mais empolgantes e estimuladores, se dedique, tenha foco, tenha determinação, que seus obstáculos e dificuldades serão fáceis de ser vencidos. A ajuda de um profissional ou uma assessoria é muito importante e essencial para sempre encontrar um apoio a mais.

 

RICARDO FARINA

Depoimento do Aluno

Em outubro de 2015, visão turva, cefaléia me fizeram parar no Pronto Atendimento com pressão arterial 210/170 mmHG. Com histórico familiar de hipertensão e coronariopatia (meu avô faleceu com 67 anos depois de um infarto cardíaco e meu pai é acamado por sequela de AVC).

O médico perguntou: Você quer ver seus filhos crescerem? Só depende de você mudar essa história…

Desde então, mudei todos os meus hábitos. Graças a essa mudança, hoje com 22 kg a menos e algumas provas com distâncias consideráveis realizadas (3 maratonas,  2 IRON 70.3 ) nunca mais tomei anti-hipertensivo. E de sobra levei toda família a praticar atividade física. #alobotelevamaislonge eu diria: #alobotedavidamaislonga.

 

RODRIGO DIAS

Depoimento do Aluno

Minha vida antes do emagrecimento era repleta de massas e gorduras. Não podia ver uma macarronada! Em dezembro de 2016, resolvi procurar uma nutricionista pois, além do sobrepeso, estava com pedra na vesícula, gastrite, refluxo e com alterações nas enzimas do fígado.

Diante desse quadro decidi me manter focado na nova alimentação. É muito ruim perceber que o seu corpo não está aguentando certos hábitos. Nesse período perdi em torno de 18kg. Os benefícios foram tantos (sem gastrite, refluxo, sobrepeso e muita disposição sobrando) que posso dizer que nunca mais quero retornar aos velhos hábitos. É muito bom sentir que o corpo não está sendo mais sobrecarregado.

 

SILVANA PELOSINI

Depoimento da Aluna

Em 2011 cheguei a pesar 90kg, nos meus 1,70m.

Tinha dores no quadril que me tiravam o sono e também dores no pescoço e lombar, que me deixavam usando colar e passando rotineiramente no pronto atendimento ortopédico. Eu literalmente travava. Tinha dificuldade para subir as escadas da minha casa.

Não tinha critérios para comida ou bebida alcoólica.

O pior era meu humor: eu gritava o tempo todo e estava sempre estressada.

Passei por momentos difíceis com a doença e falecimento do meu pai e problemas de saúde com meu filho.

Cansei de tudo isso e resolvi mudar. Precisava começar por mim. Busquei ajuda. Comecei a frequentar as reuniões do Vigilantes do Peso. Foram 3 anos de reunirão sem nenhum sucesso. Mas eu não desistiria. As histórias de sucesso que ouvia lá me faziam ter fé. Dois anos de tratamento do meu filho e quando chegou a alta dele foi meu incentivo.

Entrei na academia, contratei uma Personal Trainer e comecei a levar o Vigilantes do Peso a sério. Em 2014 comecei a correr, recebi o Vitaliciamento do Vigilantes do Peso e completei minha primeira Meia Maratona.

Com 67 Kg, lembro da sensação de acordar à noite e achar que estava faltando um pedaço do meu corpo. Em seguida comecei a frequentar Nutricionistas para equilibrar massa corporal. Contratei o Gui Almeida e há 1 ano estou na Lobo Assessoria.

Neste último ano evolui muito no esporte, adquiri bons hábitos alimentares que me fizeram chegar a 22% de gordura corporal (ainda quero melhorar) e é lógico, completei, de uma forma super saudável, minha primeira Maratona. Tenho certeza que ainda colecionarei muitas conquistas, mas as melhores são a harmonia do meu lar e meu constante bom humor.

Aprendi muitas coisas. Deixo aqui dois aprendizados:

Tudo aquilo que você desejar você conquistará. Seja humilde, peça ajuda a bons profissionais.

 

WILSON SILVA

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

R: 107 kg de puro sedentarismo, principal atividade física era fazer churrasco nos finais de semana.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: O principal motivo que ajudou na mudança foi uma consulta médica ao ortopedista, que receitou um remédio infalível para ajudar no emagrecimento – 2 gotas de vergonha por dia – e fazer qualquer atividade física que me fizesse perder peso.

Um mês depois já tinha perdido 7 kilos, mas para minha grande tristeza fui diagnosticado com um câncer na tireóide, aí os médicos recomendaram fazer a retirada do tumor o quanto antes, pois estava bem no início, mas logo depois da cirurgia eu tive que ter muitas força pra continuar, pois a vida sem uma parte da tireóide não é a mesma….

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Todos os benefícios possíveis e imagináveis a gente conquista com uma melhora na saúde e na qualidade de vida, minha família toda agradece e me incentiva a continuar na luta.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Aos que estão deixando pra amanhã ou para a próxima “segunda-feira” recomendo que comece ontem, porque quando a saúde manda a conta, ela é bem mais pesada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: