Eu Sou Lobo | Emagrecimento

No EU SOU LOBO deste mês, apresentaremos lições de superação de emagrecimento!

Se você tem alguma dúvida de que o esporte e a aquisição de bons hábitos diários podem fazer com que você alcance o peso ideal e seus objetivos pessoais, dá só uma olhada na história dessa galera!

Selecionamos 9 atletas Lobo para responder um breve questionário contando como o esporte mudou suas vidas no que diz respeito a busca pelo peso ideal!

Bora lá?

AMANDA GARRUTI

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Sempre fui muito ativa, sempre gostei de academia, corrida e vôlei, mas nunca fui adepta de dietas e nem seguia um plano de corrida corretamente, fazia sempre por conta e o que achava certo, no final, não via muitos resultados.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Após duas gravidezes, meu peso foi lá pra cima, cheguei no auge dos 101kg!!! Comecei pegar firme mesmo faz uns dois anos, onde me vi desesperada, com dores nos joelhos e falta de disposição pra brincar com meus filhos. Exercícios físicos sempre fizeram parte da minha vida, há um ano pratico corrida com a assessoria, onde evolui muito, mas dieta eu sempre começava e parava, desistia, passava em médicos, tomava remédio pra emagrecer e tinha efeito sanfona direto!!! Difícil é até hoje, pois por mais que me exercite e faça dieta, hoje com Nutricionista e sem medicamentos, sempre existe tentações, preguiça e desculpas como mau tempo para não ir treinar, preciso diariamente lutar e aprender a dizer “nãos” e não escolher as condições perfeitas para o treino. Luto também com dores, pois tive fratura por stress nas duas tíbias e tenho facite calcâneo nos dois pés!!! Mas não desisto nunca!!!!

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Os benefícios de ter uma vida saudável são vários, dentre eles o emagrecimento – perdi quase 20kg – tenho mais disposição para lidar com as coisas do dia-a-dia, família, filhos pequenos e sem falar que a autoestima vai lá pra cima, vale a pena cada esforço, cada não que falo e a disciplina com os treinos.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Sou esposa, mãe de dois filhos, uma com 3 e outro com 7 anos, corredora, praticante de academia e muito feliz!!! Se eu consigo, você consegue também, uma hora diária é o suficiente para começar ter uma vida ativa e saudável!!! Procure sempre profissionais capacitados para lhe ajudar no processo (ex.: professores de educação física, nutricionista e etc).

 

FELIPE EIKI KAWAKAMI

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Antes de treinar com a Lobo eu não tinha regularidade na prática de exercícios físicos e uma noção amadora para uma alimentação mais saudável. Quando morava com meus pais, como eles corriam regularmente, então sempre estive incentivado e motivado para praticar alguma modalidade esportiva, mas pesava algo perto de 90kg e sabia que podia melhorar a saúde e o condicionamento físico.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Em uma fase da vida já tinha tido experiência com uma rotina de treinos mais disciplinada; mas me machuquei e nunca pude retomar o mesmo ritmo.

Anos depois, depois de ingressar no triathlon, a planilha de treinos me ajudou bastante nesse quesito e também passei em uma nutricionista. Mas o mais importante, e mais difícil, é manter o foco e disciplina. Tenho meus altos e baixos até hoje, porque gosto de comer, mas a evolução é clara e já se foram mais de 10kg, fora a mudança na composição física.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Sem dúvida! A rotina de exercícios me mantém mais disposto durante a semana de trabalho; dá pra sentir o corpo mais esperto e forte, além do próprio aspecto físico, que acaba sendo consequência.

Vejo a grande diferença que faz ter o exercício físico como um hobby e não a vida noturna, ainda mais para alguém da minha idade, 25 anos. Me sinto fazendo bem pra mim mesmo.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Não deixem uma vida com hábitos saudáveis para depois! Fazer exercícios físicos regularmente e, de preferência, com acompanhamento profissional, é um investimento em bem estar e qualidade de vida. Ter energia e disposição no dia-a-dia nos permite a aproveitar mais o tempo no trabalho e a vida pessoal, a cabeça e o corpo mais leves deixam tudo mais fácil!

Já havia feito algumas corridas de rua antes de treinar com a Lobo, mas desde o meu primeiro triathlon short em 2014, segui evoluindo e foram muitas medalhas e alguns pódios desde então: meias maratonas, a primeira (e a segunda) maratona, perto de dez triathlons olímpicos, três ironman 70.3 e me preparando agora para o primeiro Ironman no próximo ano.

FERNANDO BUBNA

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Antes de resolver tomar uma atitude na minha vida cheguei a pesar quase 95kg, fumava um maço de cigarro por dia, trabalhava 14hs por dia e bebia quase todos os dias.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: A principio comecei a correr pra perder peso, já logo percebi que fumar e correr não dava certo, então parei de fumar, em uns 2 anos não mudei muito meus hábitos de comer, porém, treinava bastante então meu peso foi para uns 82kg.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Logo percebi que correr não era só emagrecer e queria resultados, já me sentia bem com 82kg mas tinha que perder mais pra melhorar resultados, então associei dieta e treino e comecei a me sentir muito melhor até chegar hoje nos 70kg, hoje trabalho no máximo 9hs por dia e produzo muito mais com menos horas, tudo pra não perder um treino. Minha vida pessoal mudou muito, comprar roupas ficou fácil e sem falar que minha auto estima vive em alta.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Independente da corrida ou outra forma de exercício diário, faça o que lhe faz bem, eu escolhi a corrida pois me identifiquei muito e é meu momento de refletir tudo que faço na minha vida e me faz muito bem, me mantém em forma e feliz.

JOÃO PAULO MARIN

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Eu tinha uma vida totalmente sedentária, morava no interior onde o pessoal é naturalmente mais festivo , então churrasco, bebidas eram coisas habituais, além da vida atribulada de viagens por ser representante comercial, cheguei a pesar 97kg.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Precisei horas do avesso 😂, porém, não encontrei dificuldades, desde que decidi mudar meus hábitos não coloquei mais uma gota de álcool na boca, e quanto alimentação comecei a me policiar (começo sem ajuda de nutricionista).

O processo do início até os dias de hoje já duram 2 anos.

E quando comecei a buscar performance dentro do esporte aí procurei ajuda de uma profissional da nutrição e aí sim a evolução foi absurda.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Qualidade de vida incomparavelmente melhor, a atividade física nos faz evoluir não só corpo, mas mente também, né? Então são inúmeras melhoras que poderia citar aqui.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Galera, nada é impossível e sou prova de que não existem dietas mágicas, remédios milagrosos!

Para alcançar seus objetivos precisa de foco, disciplina, perseverança e amor no que se está fazendo! Deixe a atividade física entrar em sua vida não como obrigação e sim como estilo de vida e se tornará cada vez mais prazeroso e a evolução vem com o tempo.

 

ROBERTA ROSSETI

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta:Eu pesava 74 kg (hj peso 57) e não me preocupava com alimentação. Ingeria bebidas alcoólicas (cerveja e vinho) quase todos os dias e comia muito doce, poucas verduras e legumes. Não fazia nenhuma atividade física regular, começava academia e parava alguns meses depois, fiz natação e pilates também mas nunca mais que 6 meses. A única atividade diária era caminhar com meu cachorro, pela manhã e pela tarde.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Quando voltei da Disney em janeiro de 2015 decidi que não queria ser obesa (como vi muitos americanos que não conseguiam nem andar nos parques). Comecei a caminhar no parque Raphael Lazzurri todos os dias com o Carlos depois do trabalho. Tinha que me trocar no consultório para não desistir. E diminui a bebida e os doces, restringindo para os finais de semana. Aos poucos comecei a correr. Pensei em desistir várias vezes, principalmente quando o estresse e o cansaço do trabalho pesavam, mas como já tinha começado a perder peso e as pessoas estavam me elogiando eu continuava. Para me incentivar, decidi me inscrever na minha primeira prova de rua: a Night Run, em maio de 2015. Me apaixonei pelo esporte. Aquela energia foi demais! Decidi que queria sentir aquilo mais vezes! Então a cada dois meses me inscrevia em uma prova para não desanimar de treinar, sempre em provas de 5 ou 10k. Em janeiro de 2017 decidi que queria aprender a correr e melhorar meus tempos. Foi então que procurei a Lobo.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Hoje eu me sinto menos cansada depois de um dia de trabalho, comer verduras e legumes é prazeroso pra mim,  além de ter emagrecido mais de 15 kg sem dietas restritivas. Aprendi a comer tudo que eu quero e gosto de forma equilibrada. Encontrei uma nova maneira de me desestressar: correr! Hoje já não ataco os doces ou bebo de maneira descontrolada!

Valeu muito a pena o esforço! No começo foi difícil. Mas quando vira um hábito, o difícil é ficar sem os treinos e a dieta equilibrada.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Não desista! Se vc já fez várias atividades e ainda não se descobriu, continue procurando! Mas vai a dica, nunca conheci nenhum corredor triste! 😉

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Eu era obeso, sedentário e já começava a ter sintomas relacionados a este estilo de vida. Cheguei a pesar 116 kg, com diagnóstico de gordura no fígado, estado pré-diabético. Todos os meus exames, apesar de dentro da normalidade, estavam sempre no limite máximo do aceitável. Sem contar as crises de ansiedade.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: O que me fez mudar meus hábitos foi uma paixão que tenho desde os 22 anos. Minha esposa Leila Piani. Como ela começou a correr provas mais longas, senti a necessidade de acompanhá-la, mas obeso e sedentário, não iria dar certo. Por isso, busquei auxílio de profissionais de nutrição, educação física e cardiologista. Em 1 ano e meio perdi 42 kg e passei de um obeso que não aguentava uma caminhada forte por muito tempo, para um corredor que estreava sua primeira maratona.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Melhor autoestima, disposição, até minhas tarefas no trabalho se tornaram mais fáceis. Meus exames médicos todos passaram a indicar valores na média esperada ou melhores que isso. O estado prá-diabético desapareceu, juntamente com a gordura no fígado. Valeu tanto o esforço, que se soubesse teria feito isso uns 20 anos antes.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Aprendi que dieta é uma palavra grega que quer dizer hábito alimentar individual. Todos estamos fazendo nossa dieta todo dia. A questão é se esta dieta, se este hábito é saudável ou não. Hábitos saudáveis inclui o que você come, o que você pratica e o que você pensa. O que precisamos é ter bons hábitos para ter uma vida melhor.

 

Roberto Sousa de Lima

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Na minha adolescência toda fiz bastante exercício, nadava e fazia musculação, não tinha uma alimentação exatamente saudável mas não comia frequentemente fast food, refrigerantes, doces, etc.

Após entrar na faculdade foi que a coisa começou a mudar, já não tinha tempo de treinar e trabalhava sentado, sempre comi bastante mas com minha independência financeira comecei a exagerar nos fast foods, comecei a ganhar peso rapidamente, aos 26 anos já pesava 125 kg.

Obviamente com o ganho excessivo de peso comecei a ter vários problemas de saúde, apneia do sono foi o mais complicado, parava de respirar enquanto dormia, acordava com um ruído bem alto de sufocamento e coração a mil, era desesperador.

Mas o que me fez querer mudar de vida foi o receituário médico indicando remédios para pressão alta que eu teria que tomar para o resto da vida, com essa perspectiva percebi que eu precisava urgente de mudanças.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Decidi perder peso e me exercitar, o próximo passo foi decidir como! Pesquisei umas dietas malucas na internet e comecei a seguir, me matriculei na academia e voltei a musculação, resumo de resultados, a dieta não durou 10 dias, a primeira vez que fui pra academia peguei tanto peso que me deu febre de madrugada, fui parar no hospital!!!

Várias tentativas de dieta foram feitas, todas com pouco sucesso, cheguei a emagrecer 12 kg mas depois ganhava novamente, 1 ano de tentativas e erros, então passei com uma nutricionista e começamos a fazer uma dieta progressiva no sentido de restrição, foi o que me ajudou a entrar na rotina e segui-la, neste mesmo período um amigo me chamava para caminhar / correr, pra mim essa parte do exercício foi bem mais fácil pois já havia treinado e competido, já estava acostumado com a sensação de “sofrimento”! Desde então foram cerca de 42 KG perdidos num processo que demorou quase 4 anos.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Os benefícios foram vários, auto estima ajuda bastante, a questão de se sentir mais vivo, mais ativo, disposto, confiante, senti melhora na parte profissional também pois os desafios nos ajudam a manter a cabeça focada.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: A mensagem que eu deixo é não desista! Quando vemos um exemplo de sucesso nem sempre é evidenciado as falhas, as dificuldades, esse processo todo foi muito difícil, o importante é não desistir de tentar, tenha em mente que o segredo do sucesso é manter uma rotina, ter uma regularidade, na minha experiência não adiantou fazer atividades super intensas ou fazer dietas super restritivas mas não conseguir segurar por muito tempo, se comprometa com você mesmo e siga um plano pelo máximo de tempo possível.

 

RONALDO TADEU DOS SANTOS

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Minha vida era totalmente sedentária.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Mudei mais pela saúde – pois tive uma crise de estresse – do que pelo peso, depois da crise fui “obrigado” a praticar esporte como uma válvula de escape o que me ajudou muito. Fazendo tudo consegui melhor peso, humor, disposição e já estou a 4 meses nesse ritmo.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Tudo melhorou, valeu muito a pena.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Que as pessoas não esperem o momento da dor para correr atrás, esporte é saúde.

THIAGO SAPIA

 

 

 

 

 

 

 

 

LOBO: Como era sua vida (peso, hábitos, etc.) antes de decidir que precisaria mudar os hábitos?

Resposta: Em Novembro de 2015, quando descobri estar com diabetes, estava 30 kg acima do peso, tinha hábitos alimentares péssimos, fumava e tinha uma vida muito sedentária.

LOBO: O que você precisou fazer para mudar os hábitos para perder peso? Foi muito difícil? Você pensou em desistir em algum momento? Quanto tempo levou este processo até chegar aqui?

R: Comecei a tentar correr sozinho na rua mas a dificuldade era grande. Me matriculei na academia e comecei a perder peso. Em 2016, perdi 12 quilos e comecei a entrar no mundo das corridas, mas uma fascite plantar em Julho daquele ano me fez parar. Mantive os treinos na academia mas parei com as corridas.

Esse ano voltei a correr, mudei de academia e conheci a Lobo. Me inscrevi no triathlon e voltei a treinar e com a orientação correta comecei a ver resultados. Em três meses 5 quilos e meio perdidos.

LOBO: Quais foram os benefícios perceptíveis em sua vida, nesta nova fase? Valeu a pena o esforço?

R: Qualidade de vida. Aquisição de bons hábitos, treinos regulares e acompanhados. O esforço tem sido grande mas vale a pena pelos resultados alcançados.

LOBO: Deixe uma mensagem motivacional e de incentivo aos leitores!

R: Vale a pena. Todo o esforço é recompensado. Acabo de completar meu primeiro triathlon e a sensação é incrível!!!

 

Salvar

Salvar

Marcado com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: