Treinamento do CORE

Por André Lima

A preparação do corpo para a corrida engloba uma série de fatores que influenciam diretamente no desempenho e na saúde de seus praticantes. No início da preparação, também chamada de fase básica ou geral, deve-se observar a importância em se desenvolver além da resistência aeróbia (cardiorrespiratória) e a força, temos que ter uma atenção especial na musculatura do tronco e na região lombo-pélvica, que constituem o CORE, ou seja, o núcleo do corpo, de onde é gerada e transferida toda a força necessária para a manutenção de uma boa postura, prevenindo o surgimento de lesões, e também otimizando a atividade muscular para garantir a melhor performance.Musculos CORE

O treinamento do CORE também é responsável por melhorar o equilíbrio muscular, fazendo com que toda musculatura trabalhe em harmonia mesmo diante de atividades extenuantes como as corridas de longa distância. Assim, um CORE bem preparado retardará o seu ponto de fadiga, através da economia de energia promovida por este equilíbrio, garantindo com isso uma melhor estabilidade corporal.

Outro ponto de extrema relevância a se destacar no treinamento de CORE para corredores, é o fortalecimento dos glúteos, em especial o glúteo médio e máximo, pois é através de sua ativação que se obtém a melhor estabilidade, aceleração e freada, sem sobrecarga às articulações dos membros inferiores. Atualmente, devido às alterações posturais desenvolvidas pelas atividades do cotidiano, as pessoas permanecem sentadas grande parte do tempo, ocasionando um grande prejuízo em relação à produção de força dessa musculatura.Prancha Iso

Existem diversos exercícios para a preparação do CORE, tais como as pranchas, agachamentos, abdominais, dentro outros. Inicialmente, propõe-se a execução destes exercícios em isometria, isto é, sem movimentos, e,na medida em que haja ganho de força resistente, inserem-se as sequência dinâmicas.

Assim, podemos observar que um CORE bem treinado é a chave do sucesso para o alcance dos melhores resultados. Então, não deixe de fazer os exercício de CORE que seu treinador recomenda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: