Treino de força para corredores

Por Vincius Nunes

A musculação é a modalidade mais utilizada para ganho de força e massa muscular, o que torna importante para os corredores principalmente quando pensamos nos membro inferiores. Lembrando que a massa a ser ganha é somente a necessária para o atleta prevenir lesões, o objetivo aqui não é um grande ganho de massa muscular.

Quando pensamos no ganho de força associado a este tipo de treinamento, vimos ainda mais sua importância. De acordo com alguns artigos, a corrida gera um impacto pouco maior que duas vezes o peso corporal, o que nos faz pensar que ao receber esse choque o corpo precisa estar forte o suficiente para receber esta carga, então quanto mais força tiver, mais peso conseguir levantar, sua chance de lesão será menor.

Na fase de preparação geral ou base, que é quando mais se Terrautiliza este tipo de treinamento, normalmente é usado séries de 1 a 5 repetições. Os exercícios mais utilizados para membros inferiores são agachamento, cadeira extensora e flexora, levantamento terra, avanço (ou passada), panturrilha em pé e/ou sentado.

Já para membros superiores e CORE o importante é realizar exercícios que auxiliem na manutenção da postura durante a corrida e mantenham a musculatura tonificada, ou seja, também deve-se trabalhar força!

Pensando naquelas pessoas que não tem muito tempo para treinar e como o treino de força é um treino demorado que necessita de um bom tempo de descanso, a dica é utilizar exercício multiarticulares, onde é possível trabalhar mais de um grupo muscular, além de inserir blocos de treinos com membros superiores, seguido por inferiores e um treino de CORE. Dessa forma é possível descansar um grupo muscular enquanto se trabalha outro.

Leg PressSabemos que há um grande tabu com relação aos treinos de força e que corredores não gostam de realizar este tipo de treino, mas tente inserir aos poucos na sua rotina este tipo de treino e verá o quanto seu desempenho irá melhorar, além de prevenir possíveis lesões, que são um mal que atormenta nos atletas. Portanto, tenha o condicionamento físico ideal para praticar sua modalidade e procure a orientação de um especialista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: